Financiamento imobiliário Caixa Econômica: Como funciona? Entenda!

O financiamento imobiliário Caixa Econômica é uma ótima oportunidade para comprar um imóvel novo ou usado. Veja aqui como funciona o financiamento e demais informações relevantes para quem sonha com a casa própria.

Existem diversas opções de conseguir um imóvel próprio, uma delas é através do financiamento, semelhante ao empréstimo. A diferença de pegar um empréstimo e financiar com o banco são os juros e a forma de pagamento. Os financiamentos imobiliários podem ter taxas corrigidas pela Taxa Referencial, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e taxas fixas ao ano.

Já no empréstimo, este é referenciado por taxas mensais que para a compra de um imóvel pode ter desvantagens no valor final de pagamento da dívida. Além disso, no financiamento imobiliário, o valor do imóvel é depositado diretamente para o vendedor e as prestações são descontadas diretamente na sua conta com o banco.

Veja a seguir as características do financiamento imobiliário Caixa Econômica e aproveite para fazer a sua simulação.

logo caixa

Financiamento Imobiliário Caixa Econômica – Entenda como funciona

Quando citamos financiamento imobiliário Caixa Econômica estamos nos referindo ao Sistema Financeiro de Habitação (SFH), já que o banco é bastante conhecido pelo programa Minha Casa Minha Vida, o atual Casa Verde e Amarela (CVA). Vamos entender em detalhes, como funciona o financiamento imobiliário Caixa Econômica e os programas sociais como o Casa Verde e Amarela.

Como funciona?

No financiamento imobiliário da Caixa Econômica pelo SFH funciona com algumas regras, o comprador precisa ter mais de 18 anos, ter CPF regular, não ter cadastro negativado no Serasa ou SPC e ter nacionalidade brasileira ou visto permanente. Além disso, é preciso ter comprovação de renda que não comprometa mais de 30% da sua renda bruta e um bom histórico financeiro no mercado para obter a melhor taxa de financiamento.

Os juros do financiamento da Caixa para moradia são baseados na Taxa Referencial, IPC e pautados em uma taxa fixa ao ano. Contudo, é o perfil do comprador que interfere no resultado da proposta de financiamento, considerando o sempre o seu bom relacionamento com a instituição financeira e outros pontos que interferem no cálculo da CEF.

Taxas do Sistema Financeiro Habitacional 

As taxas do Sistema Financeiro Habitacional são atualizadas conforme a taxa Selic, sendo que recentemente ocorreram alguns ajustes. Veja quais foram as mudanças nos valores das taxas conforme cada modalidade de financiamento:

  • Financiamento Taxa Referencial: 8 a 8,99% ao ano + TR (atual)
  • Financiamentos pelo IPCA: acima de 3,95% a.a + valor do IPCA
  • Financiamentos conforme taxa fixa: a partir de 9,75% a.a.

Financiamento imobiliário Caixa Econômica

Sistema de amortização Caixa Econômica Federal

O Sistema de amortização é responsável pela quitação de parcelas, juros e serviços aplicados no seu financiamento com a Caixa. A CEF oferece duas formas de amortização, o SAC (Sistema de Amortização Constante) e o Price, uma tabela de valores atualizada para servir de base.

No sistema SAC as parcelas do financiamento imobiliário Caixa Econômica são mais altas no início e baixam conforme o pagamento das prestações, já na modalidade da tabela Price, as prestações têm valores de parcelas fixas do início ao fim do pagamento do empréstimo. Aproveite o site da CEF para fazer a simulação do seu financiamento conforme o seu perfil e modalidade de crédito.

Veja também como fazer financiamento Santander.

Financiamento Habitacional Casa Verde e Amarela

O financiamento habitacional Casa Verde e Amarela, antigo Minha Casa Minha Vida, recebeu algumas atualizações. Contudo, saiba que o subsídio do MCMV continua o mesmo, porém, está com algumas regrinhas para três tipos de perfil de comprador. Confira a seguir quais são elas:

  • Faixa 1: Famílias com até 2 mil reais de renda bruta mensal;
  • Faixa 2: Famílias com até 4 mil reais de renda bruta mensal;
  • Faixa 3: Famílias com renda bruta mensal de até 7 mil reais.

Os juros do programa CVA também dependem de qual faixa estará seu perfil, na faixa 1 os juros podem chegar a 4,85% a.a, faixa 2 poderá alcançar  5,25% a.a e de 7,6% a.a para a 3 faixa de perfil. Esses valores de taxa também consideram o subsídio liberado para o comprador que terá a oportunidade de comprar um imóvel até 264 mil e pagar em até 30 anos.

Financiamento imobiliário Caixa Econômica

Qual a renda mínima para financiar um imóvel pela Caixa?

A verdade é que não existe uma renda mínima para financiar um imóvel pela Caixa, como vimos, você pode tanto financiar pelo sistema habitacional geral (SFH) ou pelo programa de financiamento CVA. A ideia é que no Sistema de Financiamento Habitacional você não comprometa sua renda mensal base, não devendo ultrapassar 30% dela.

Quanto fica a parcela de um financiamento de 250 Mil?

Como não existe uma renda mínima para financiar um imóvel na Caixa, o que podemos fazer são simulações de financiamentos, como por exemplo, um financiamento de um apartamento de 250 mil.

Vamos à simulação na prática: para um financiamento de 250 mil você pagará uma parcela de uma média de 2 mil reais, desde que esse valor não ultrapasse 30% da sua renda. Vale considerar também o tipo de amortização e tempo para quitar de toda a dívida com o banco.

Como financiar 100% de um imóvel?

O financiamento de 100% de um imóvel depende bastante do banco, a grande maioria financia apenas 80% ou 90% do valor total do imóvel. No caso do financiamento imobiliário da Caixa Econômica Federal você pode usar o FGTS como entrada do valor da casa ou apartamento. Para ter seu imóvel financiado 100% você pode participar de feiras promovidas pelos bancos privados e a própria Caixa. Além disso, os subsídios dos programas habitacionais como Casa Verde e Amarela também são opções para baixar o valor a ser pago no imóvel. 

Financiamento imobiliário Caixa Econômica

Qual a renda mínima para financiar um imóvel de 150 mil?

Mesmo que não exista uma renda mínima para financiar um imóvel, é possível, através das simulações, saber o quanto de renda você precisa para solicitar um financiamento imobiliário na Caixa Econômica. Um exemplo prático, para financiar um imóvel novo ou usado de até 150 mil, você precisa de uma renda mínima de 4 mil reais e com pelo menos 31 mil reais para dar de entrada no imóvel. O cálculo do financiamento imobiliário Caixa Econômica é personalizado, considerando o perfil do comprador e a avaliação do imóvel escolhido.

Veja também como fazer um financiamento imobiliário no Itaú.

O post Financiamento imobiliário Caixa Econômica: Como funciona? Entenda! apareceu primeiro em Tudo Construção – Tudo para sua Casa e Construção.

Financiamento imobiliário Caixa Econômica: Como funciona? Entenda! Publicado primeiro em https://www.tudoconstrucao.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s